Secretaria de Administração do Piauí – SEAD

Secretaria da Administração lança programa Acolhe Servidor e inaugura consultório de atendimento

Compartilhar:

Nesta terça-feira (30), o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração (Sead), lançou o programa “Acolhe Servidor” e inaugurou o consultório de atendimento. Essa é uma iniciativa que objetiva prestar ao servidor estadual um acolhimento multidisciplinar, levando orientação e informação e conscientizando sobre a importância de ter saúde em seus diferentes aspectos.  

De acordo com o secretário da Sead, Samuel Nascimento, o programa faz parte da política de valorização do servidor. “Esse é um investimento na saúde e bem-estar do servidor, que é de extrema importância para um bom desempenho de nossas atividades e, consequentemente, melhor oferta de serviços à população”, destacou.

Entre as ações do programa está a promoção da saúde e prevenção de doenças, auxílio no controle de peso, orientações alimentares específicas, além de apoio psicológico por meio de nossos plantões. O consultório de atendimento é o local onde serão ofertados diversos serviços de saúde do programa e fica localizado no térreo da Sead.

O Acolhe Servidor é uma idealização da Superintendência de Gestão de Pessoas da Sead, por meio da Diretoria de Atenção ao Servidor Público do Estado do Piauí (Ciaspi). Conforme explica Aline Melo, diretora do Ciaspi, o consultório de atendimento é um espaço adequado para uma escuta qualificada e para acolhimento em um ambiente empático e seguro e funcionará mediante agendamento, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h. Entre os serviços disponíveis estão ofertas de vacinas, massagem relaxante, escuta qualificada, exercícios respiratórios e mobilização articular, avaliação nutricional, com entrega de orientações e avaliação auditiva e vocal.

“No consultório teremos uma equipe multidisciplinar à disposição com diferentes atendimentos conforme o cronograma. Teremos enfermeiras, educador físico, fonoaudióloga, fisioterapeuta, nutricionista e psicólogas. Vamos funcionar mediante agendamento, mas também faremos atendimentos emergenciais caso algum servidor se sinta mal durante o trabalho, por exemplo”, finalizou.

Compartilhar:
Por categoria

Leia também

Pular para o conteúdo